Páginas

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Acesso Livre: reflexões

Postado por
Profa. Dra. Maria Elisabete Catarino

O texto “Acesso Livre: uma questão de opção e luta” de Hélio Kuramoto, além de outros textos postados no blog do mesmo autor, trazem à luz uma discussão que precisa ser urgentemente incentivada no meio científico das instituições de ensino superior e de pesquisa brasileiras.
Conforme o autor apresenta, 80% dos registros de repositórios no ROARMAP (Registry of Open Access Repository Material Archiving Policies) são de instituições americanas, canadenses e européias. Num futuro próximo, nós, pesquisadores brasileiros, teremos mais facilidade em acessar as publicações das instituições internacionais, constantes em repositórios digitais de acesso livre, do que as nossas próprias produções científicas.
O tema acesso livre vem ao encontro das expectativas do sistema de bibliotecas da UEL, no sentido de que as metas principais de execução desta gestão, para a disseminação da produção científica, são: a ampliação da nossa biblioteca digital de teses e dissertações, o portal de periódicos científicos e a implementação do Repositório Institucional científico.
Somos solidários ao movimento Open Access, que objetiva tornar acessível, e consequentemente, visível no cenário internacional por meio da Web, toda a publicação científica da nossa comunidade. Trata-se de um novo cenário para a disseminação da produção científica. Produção esta que é resultado de pesquisas executadas em sua grande maioria com recursos públicos e que devem ser disseminadas de forma livre.
Sugerimos a leitura dos textos postados no blog do Hélio Kuramoto



Nenhum comentário:

Postar um comentário